34° Festival de Dança de Joinville

Começou o maior Festival de Dança do mundo!
De de 20 a 30 de julho, tanto no palco principal do Centreventos Cau Hansen, quanto nos palcos alternativos pela cidade, várias apresentações de variadas companhias de dança do Brasil.
Na abertura, o espetáculo será apresentado pela São Paulo Companhia de Dança, quando três coreografas prometem emocionar o público: “Petite Mort”, “Suíte Para Dois Pianos” e “Gnawa”.
O público presente poderá apreciar entre os dias 20 e 30 um total de 1.188 coreografias. Sete gêneros da dança – Balé Clássico de Repertório, Balé Neoclássico, Dança Contemporânea, Danças Populares, Danças Urbanas, Jazz e Sapateado – devem emocionar e animar o público que terá oportunidade de assistir 240 horas de dança, sendo 200 gratuitas.


A Capital Nacional da DANÇA

Na ponta dos pés, no movimento dos braços, na leveza do corpo, no ritmo das ruas, no olhar dos palcos… Joinville revela vestígios da arte do corpo em movimento por onde se vai.

Sede do Festival de Dança de Joinville, apontado como o maior do mundo pelo Guinness Book de 2005, de reconhecidas escolas de dança como o Bolshoi do Brasil, e tantas outras que vêm crescendo com a criatividade de coreógrafos e a dedicação de bailarinos, a cidade acaba de ser agraciada com o título de Capital Nacional da Dança, com base no Projeto de Lei nº 88/2015 aprovado pela Congresso Nacional e pelo Senado. A contribuição do Festival de Dança foi fundamental para essa conquista.

Referência no Brasil e em outros países para bailarinos que utilizam esse palco como passaporte de acesso a grandes companhias internacionais. O papel de contribuir com a formação de bailarinos está evidenciado nos cursos com abordagens que vão de aspectos técnicos à preparação física. Aliado a isso, conta com o “Seminários de Dança”, voltado para o meio acadêmico.

A abordagem “Dança não é (só) coreografia” propõe um olhar mais amplo, que alcança um pensamento organizado no corpo e na cena. Os Palcos Abertos instalados em praças, shoppings centers e na Feira da Sapatilha são uma oportunidade para turistas e a comunidade local de apreciar o Festival gratuitamente.

De de 20 a 30 de julho, tanto no palco principal do Centreventos Cau Hansen, quanto nos palcos alternativos pela cidade, várias apresentações de variadas companhias de dança do Brasil.

Nesta edição, o evento recebe grupos vindos de 22 estados e do Distrito Federal, além da Argentina e Paraguai.Na Noite de Abertura, a São Paulo Companhia de Dança promete encantar com três espetáculos, alinhados a sua expertise de produzir montagens de excelência artística. A Noite de Gala apresenta os encantos dos contos de fada modernos traduzidos pelo Balé do Teatro Guaíra. São 11 dias de uma verdadeira maratona de dança, arte e cultura.

De de 20 a 30 de julho, tanto no palco principal do Centreventos Cau Hansen, quanto nos palcos alternativos pela cidade, várias apresentações de variadas companhias de dança do Brasil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *